Tédioooo!

Hoje, para mim, está sendo aquele típico dia em que as horas se arrastam. Eu já levantei me sentindo entediada. Resolvi arrumar meu quarto para passar o tempo, mas não adiantou muito. Meu dia ficou nisso: comer - internet, televisão- internet-internet- internet- comer-internet.. Tentei conversar com algumas pessoas no meu chat do Facebook, só que quando o dia está chato tudo fica chato junto. Ninguém me deu ideia, algumas pessoas não tinham assunto e outras estavam de saída. Fico no twitter escrevendo umas coisas banais e rindo de algumas coisas mais banais ainda que escrevem por lá. Tem dia que não dá, as coisas não funcionam. Ah! Está chovendo. Tentei estudar um pouco e não tive saco. Droga! Está tudo tão chato hoje. Até esse post está chato. Estou escrevendo mesmo só para passar o tempo. Vou finalizar para não ficar chato demais.

A intensa alegria.


Eu tenho essa coisa de estar sempre rindo. Só que isso deve irritar as pessoas, porque eu sei que é um saco você no maior mau humor e outro super “felizinho”. Eu consigo contar nos dedos os dias que eu fico triste durante o ano, é sério. Essa coisa de depressão e infelicidade não é (espero nunca ser) a minha praia. Eu consigo achar graça de coisas banais e consigo rir dos meus dilemas. Tem horas que eu penso que eu sou desesperada e faço jus ao trecho “mas rir de tudo é desespero”. Eu tenho os meus momentos de seriedade, mas só em momentos que eu realmente preciso estar séria. Tenho cara de mau e intimido as pessoas até o momento que elas dizem “oi” e puxam um assunto.
Talvez, minha alegria nem incomode tanto assim. Só que eu fiquei meio cismada na minha aula de espanhol, quando só eu ria das piadinhas do livro e o restante fazia cara de morte. Será que eles estavam incomodados ou só estavam me achando idiota? Acho que se pensaram algo, deve ter sido próximo a segunda opção. Enfim, eu sou alegre mesmo e mais chato que ser  muito alegre é achar chato quem é  muito alegre. 

A MALA



Ih! Esqueci minha mala no aeroporto. Ops! Não esqueci, eu abandonei. Assim que eu cheguei para pegar minha mala, eu vi que ela já estava rodando na esteira. Fui até ela, mas  eu não conseguia pega-la. Corri para o outro lado, só que ela foi mais rápida. Comecei a entender que a mala não queria ser apanhada.  As vezes ela até vinha lentamente, meio que se oferecendo, mas logo que eu me aproximava ela ia mais de pressa. Fui desistindo de tentar pega-la. Acabei deixando ela ir embora.  Observei ela sumindo cheia de coisas, boas e ruins,  que já não me faziam mais falta.  Talvez outras pessoas aproveitem melhor a mala.
 


Frases que eu gosto!

"Uma vez que você é mordido pelo mosquito dos mochileiros, você está contaminado pelo resto da vida."

ILUSÓRIO


Não se iluda...
Não se iluda com o olhar puro.
Não se iluda com o sorriso encantador.
Não se iluda com a voz doce e calma lhe dizendo belas palavras.
Não se iluda com o abraço acolhedor.
Não se iluda... 

Sinto frio!



O frio chegou aqui na cidade maravilhosa. Ufa! Não está tão frio, mas carioca é acostumado com calor. Se a temperatura estiver abaixo de 30º já é considerado frio (exagero meu,rs). Faz uns quatro dias que está fazendo frio, uns estão empolgados com o frio (eu) e outros estão reclamando como se estivessem passando o frio da Sibéria. Eu estava carente de frio. Pode ser que daqui a uns meses eu fique enjoada do frio, mas por enquanto eu estou curtindo. Aproveitei muito o verão, já não estava mais agüentando o calor intenso do RJ. Enquanto estamos de férias é ótimo, mas enfrentar o calor na correria do dia a dia, não é nada bom.
  Chamei uma amiga para sair num dia desses de frio, só que ela não quis e eu resolvi ir sozinha. Estava com muita vontade de comer. Deu uma vontade de comer morango com chocolate...  Eu tive que ir à rua comprar os morangos com chocolate e ser feliz. Ah! Foi ótimo quando eu cheguei na loja e vi aquela cascata de chocolate... Fiquei rodando junto com ela (brincadeira, brincadeira). Todos que estavam passando pela loja não tiravam o olho da cascata, aquilo é um pecado para quem faz dieta. Foi uma maravilha comer aqueles morangos cheios de chocolate.
   Estava frio demais nas ruas, mas eu estava adorando. Acho que era porque eu estava matando a saudade do clima. Saudade de sentir o cheiro de café, dos cafés lotados, de usar luvas, de usar pantufa, de assistir filme aninhada em vários cobertores, de beber chocolate quente no meio da noite. Enfim, saudade de sentir frio. 

Adeus verão 2012!


Faz um tempo que eu não escrevo aqui... Estava aproveitando o verão e todas as coisas boas que ele me proporcionou. Nos últimos dias eu estava quase implorando para que esse calor todo acabasse e a chuva começasse a cair na cidade maravilhosa. 
Se eu falar que não aproveitei esse verão eu estaria MENTINDO, eu aproveitei e muito. Não sei se devo dizer que foi o melhor verão da minha vida, mas acho que foi. Confesso estava um pouco desacreditada da vida no começo do verão, não podia fazer nada a não ser esperar o resultado do vestibular (e isso é uma tortura). Sou do tipo que sofre nas 5 primeiras horas e depois cansa de sofrer e quer fazer outras coisas. Eu resolvi deixar os pensamentos de lado e aproveitar os 40 graus do RJ. Freqüentei a piscina muitas vezes, ia à praia (tenho um pouco de medo do mar), curtia as noites de calor e agito.


   No final de janeiro eu soube que tinha passado na universidade, acho que isso foi o motivo principal para tornar o verão 2012 inesquecível, Fiquei em êxtase, chorei, pulei e gritei. Não conseguia dormir, pois aquilo era o resultado de um grande esforço e a recompensa pelas horas que passei devorando livros. Minha felicidade!  “ Em fevereiro tem carnaval”. Mês do carnaval e todo mundo agitado com os blocos. Eu achei que eu ia curtir mais o carnaval, mas eu não tenho esse clima todo. O carnaval do Rio é bom e animado, mas tem que entrar no ritmo e ser bastante tolerante. Fui ao baile à fantasia da Sebastiana no morro da Urca, me acabei por lá. Festa maravilhosa e animada. Tentei seguir alguns blocos, mas a multidão me assusta um pouco. Ficava pela zona sul curtindo de uma maneira menos tumultuada. Fechei o carnaval seguindo um bloco que eu não sei como se chamava até hoje, ali não só finalizei o carnaval 2012 como outras coisas também. 
      O começo de março foi surpreendente. Primeiro dia de março eu fiz minha primeira viagem internacional, fui visitar nossos hermanos. Sim, fui até Buenos Aires. Uma viagem muito louca e animada. Aproveitei cada segundo. Não é como o meu Rio de Janeiro, mas tem suas belezas. O céu estava lindo. Conheci pessoas diferentes, jantei com gente da escócia e tomei café da manhã com portenho. Escutei Michel Telo na balada. Tive que cantar a música muitas vezes para uma amiga de Buenos Aires e acabei pegando a mania de cantar ( mesmo não gostando muito). Andeeeeeeeeeei bastante, fiz compras, tomei o sorvete freddo (que devia ter uma franquia aqui na esquina) e dancei salsa. Amei a cidade! 
    Agora estamos quase chegando ao final de março e no fim de verão. O verão que me rendeu bons momentos que vão ficar guardados para sempre na minha memória. Queria que estivesse chovendo para falar que as águas de março estavam finalizando o verão, mas está um calor brabo por aqui. Agora o que me resta é agradecer pelos dias maravilhosos que eu tive nesse verão. Vou finalizar o post com a frase de um livro que li essa semana.

. ‎"Descobri que a maior felicidade que existe é a silenciosa certeza de que vale a pena viver."

Boa noite! E que venha um outono feliz... Beijos! 

Show do Frejat!


Ontem eu fui no show do Frejat. Estou muiiiiiiiiiiiito feliz por ter ido. O Show foi maravilhoso, as melhores músicas e casa cheia. Eu nunca tinha ido no show dele, e fiquei louca com tudo. O nível do show dele é muito bom. O mais chato de tudo é que o show foi na Barra da Tijuca ( um reino muito distante). Eu fiquei revoltada com a falta de táxi do local. Tinha uma fila enooooooooooorme e nenhum táxi. Eu simplesmente odeio a Barra, pois sempre tenho problemas por lá. Era show do Frejat e era o único, o jeito era enfrentar o dilema. Fico decepcionada quando descubro que algum show, peça ou qualquer evento que eu quero ir vai ser na Barra da Tijuca. O lugar é legal para quem vive lá e só. Fico pensando alguém morando lá e trabalhando no centro, acho que é algo que não da muito certo. Enfim ... Mesmo na Barra o show do Frejat foi ótimo.


“ Eu te desejo não parar tão cedo, pois tpda idade tem prazer e medo ...”

Beijoos,galera!